Democracia de Fachada:

Imagem

Desde que o brasileiro voltou a escolher seus presidentes, popularizou-se a ideia de que vivemos em uma democracia plena, ou seja, todas as decisões passam pelo crivo popular. Nada mais falacioso que isso em um país que tem um paravoroso sistema de eleição dos congressistas chamado Coeficiente Eleitoral, onde candidatos com uma quantidade ínfima de votos se elege graças aos votos de correligionários. Além disso, há outros atos perpetuados pelos governos desde então, especialmente do PT, que demonstram como nossa democracia é apenas um frágil eufemismo. Para aqueles que estiverem pensando que este que vos escreve andou delirando sobre literaturas conspiracionistas, apresento algumas informações: em 2005, no famigerado referendo do desarmamento, 64% dos eleitores votaram CONTRA o desarmamento, mas o governo, ainda petista, estabeleceu tantas burocracias para um cidadão de bem tirar posse ou porte de armas, ou mesmo para adquirir uma, que a realidade é que o tal Estatuto do Desarmamento se configura hoje como a lei mais severa que temos. Outra informação interessante: a maior parte da população brasileira é de matriz conservadora, o que foi comprovado ainda esta semana com uma enquete, quase boicotada, no site G1, onde 58% dos votos foram contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, e mesmo assim, projetos que estapeiam o rosto do cidadão brasileiro médio tramitam com total apoio da grande mídia no Congresso. Em síntese, podemos ate acreditar em coelho da páscoa ou no saci-pererê, mas acreditar em um desgoverno que esbofeteia seu povo com uma mão, enquanto com a outra o afaga com esmolas sociais, já é demais.

Anúncios

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s